.
.

4.4.08

Epidemia de carência

A saudade aqui em casa chegou num ponto que basta eu sentar na privada para que Mercvrivs* pule no meu colo e comece a fazer massinha. Até a Keka ronrona quando me vê! E olha que ela é das Gudinhas ariscas, que mal deixam a gente encostar. Estava fazendo as contas ontem, antes de dormir (às 3h da madrugada), e vi que passaram-se apenas três dias do frilão na Editora Globo. rs


*Para quem tem perguntado, a perna do Mercv ficou ótima. Mas claro que o mimado insiste em dar umas mancadinhas forçadas se percebe que estou olhando.

5 comentários:

.mercvrivs. disse...

o mercv é igual o knut. a história é muito parecida.

e é bom que eles saibam dar valor... antes não davam.

afinal, alguém tem que dar, né?

Anônimo disse...

O jeito é multiplicar por mil o carinho nos bigodes para compensar a ausência durante o dia. Mas é tão bom fazer isso!... A gente esquece até do stress, do trânsito, dos abacaxis e pepinos do trabalho e do cansaço quando chega em casa! Um excelente fds pra vcs! Que bom que o Mercv melhorou! Celina.

Gata Lili disse...

Esse Mercvrivs, hein?

Lina Gatolina disse...

ah, essa família...
estou ficando com inveja e querendo adotar mais um monte de gatos também. um só tá pouco!
Denise

Amanda disse...

hahahaha que sono bão!