.
.

22.1.08

Antes tarde do que nunca

E não é que existe um coração batendo dentro do peito da Aelita?! Na hora de devolver o Gianecchini, ela perdeu a coragem. Disse que o namorado também não ajudou, porque adora o ex-queletinho*. Prometeu dar floral, aparar as unhas semanalmente, pedir socorro à veterinária. Não queria morrer de remorso depois. As vibrações de indignação dos leitores do Gatoca devem ter colaborado para esse desfecho! rs


*História completa dos montinhos de ossos da dona Lourdes, constantemente atualizada.

9 comentários:

Li disse...

Ainda bem, né Bia? (Olha a intimidade, daqui a pouco estou colocando o pé no sofá)

bia disse...

Que bom que ele não será devolvido! é só esperar um pouquinho que ele fica amiguinho da gatiha da casa, é uma questão de tempo.
beijos.

Gabi disse...

Bia, você conhece alguem que faz um trabalho com os gatinhos do Pq da Água Branca? Tem um monte de abandonados por lá...

Outra coisa: eu adotei uma siamesa adulta em 2006 e foi um parto... ela era mal humorada, passava os dias em cima da geladeira rosnando, batia nos outros gatos... deixei estar. Hoje não posso dizer que ela seja um doce de gatinha, mas vive numa boa com os outros, dorme junto... É questão de costume da parte dos gatos e calma da parte dos donos!

mlicursi disse...

Gabi,
quem cuida da turminha dos gatos da Àgua Branca é o Balaio de gatos.

Bia,
adorei que o Giane não foi devolvido, tadinho

beijo

Gisele G. disse...

Ufa! Tinha levado o maior susto qdo vi o Gianecchini de volta à página de adoção do AUG, e depois li aqui a confirmação. Que alívio saber que a adotante resolveu ser mais paciente! :)

Mary disse...

Olha, pode ser meio louco, mais eu tive dois gatinhos desta pelagem (preto e branco) e os dois com a personalidade parecida, não eram de muito amigos mais eram uns delicinhas. Precisa dar um tempo, ter paciência e ensinar, conversar como se fosse um humano. Eu consegui deixá-los mansos e carinhosos (Graças a Deus) e foram muito felizes.... Até dormiam com minhas cadelinhas.... juntos!
Bjos pro Gianne!

Ps: eles também não são muito de colo!

rosa yu disse...

Ai que alívio!

mercvrivs disse...

é só ter paciência que tudo dá certo.

Beatriz Levischi disse...

As pessoas só me chamam de Beatriz uma vez na vida mesmo, Li (geralmente, quando me conhecem). rs

Concordo contigo, Bia. Eles podem até não morrer de amores um pelo outro, mas as brigas piores acabam cessando. O problema é convencer as adotantes impacientes.

Gabi, Clara (sialata) está com a gente há quase dois anos. Duvido que seu gênio anti-social mude (rs). Por outro lado, Mercvrivs e Pimenta (os frajolas) são super doces e coleiros, Mary. Personalidade não deve ter a ver com raça ou cor da pelagem.

Sobre os gatinhos do Parque da Água Branca, Marisa já respondeu. :)