.
.

28.12.07

Conie: 72 horas depois!

No final de novembro, um infeliz teve a coragem de jogar outro gatinho no cortiço da dona Lourdes. Preto, filhote e menina! Meg entregou a ração semanal e saiu com a bolota de pêlo. Susan arrumou mais um canto em sua casa, também conhecida como "a bolsa mágica de Mary Poppins".

Conie era esperta, faladeira e carinhosa. Mas logo parou de comer. O hemograma acusou infecção. Trataram. Ela parou de comer de novo. Tomou medicação para o estômago, vitamina, soro... UTI! No raio x deu hérnia diafragmática, resultado de um belo pontapé. A coitadinha mal conseguia respirar. Operar seria a única saída, mas as chances de morrer, assim debilitada, passavam dos 50%.

Eis que ela sobreviveu! Drª. Angélica disse que dentro da sua barriga estava tudo fora do lugar. O corte não a deixa mentir. Contaram, ainda, que a pestinha fugiu da gaiola do hospital e deitou em cima de um Golden Retriever gigante. Demorei para publicar a história aqui no Gatoca porque só poderíamos considerá-la fora de perigo após 72 horas. :)

Um comentário:

Bia disse...

Que dó!! Tadinhaa

Mas ainda bem que está fora de perigo!!!