.
.

23.8.07

Playground gigante

Os pequenos estão na fase mais divertida da existência: aquela em que tudo vira brinquedo. Começaram afogando um dos ratinhos de gatária (primeiro presente) no pote de água, descobriram as primeiras bolinhas de papel, mastigaram as primeiras cordinhas, fizeram o primeiro caixote de mansão, com direito a teto solar.

Agora, qualquer coisa que consigam tirar do lugar –durex, baralho, toco de árvore da lareira, revista, lixo reciclável– transforma-se, rapidamente, em entretenimento. E reaparece nos cantos mais inusitados da casa.

Ontem, perceberam que as pedrinhas do jardim rolavam, apesar das arestas, e resolveram empurrá-las por toda a sala, riscando o piso. Lembro-me da época em que investia fortunas nas tranqueiras coloridas do pet shop para o Mercvrivs filhote divertir-se com a meia furada da Mariana.

5 comentários:

Anônimo disse...

aaaaaaaaaiiiiiiii mô deuso ! que coisas mais fofas desse mundo !!
aquele do meio, com cabecinha bege parece até que está sorrindo de olhinhos fechados...
fofo fofo fofo
depois te mando a foto da minha pquena...
beijos, Julie

Beatriz disse...

Eles j� devem � estar cansados de tantos flashs, Julie. Eduardo, meu namorado, diz que pare�o turista japon�s, grudada na m�quina fotogr�fica.

Cristina disse...

Ahhh q coisa mais linda. Tb tenho pitiquinhos assim, brincam com tudo e qnd vc menos espera eles tao fazendo alguma coisa fofa que nos faz ter mt orgulho deles e agredecer a Deus terem nascido (mesmo que não planejados.
Mas tb to preocupada, minha mae ta querendo dá-los pq ela diz q vai da mt trabalho e q vai me tomar mt tempo (o q ja n tenho mt por causa da faculdade), mas n quero dá-los de jeito nenhum. Eu n sei o q faço, posso ta sendo egoista de negar a outras familias a alegria de ter gatos que são capazes de transformar a vida da gente. Acho q so quem gosta de gato pode entender do q estou falando.
Me conta ai o seu segredo p/ criar 10 gatos. Vc vai ficar com os filhotinhos?

Beatriz disse...

Gatos em grandes quantidades dão trabalho mesmo, Cristina (se você estiver disposta a cuidar direito, lógico). Como a casa aqui é grande e eu tenho o privilégio de trabalhar de pijama, nos horários que escolho, fica mais fácil dar conta do recado. Pense com carinho. Se usar o coração, acredito que eles serão felizes.

Cristina disse...

Quando o assunto eh meus gatos eu só uso o coração. Amo mttt eles. Vou cuidar mt bem e q Deus me ajude.
bjus