.
.

28.8.07

Etiqueta das ruas

A idéia de usar recipientes maiores para a comida e bebida dos gatos parecia tão perfeita, que não me lembrei da falta de sociabilidade do Simba à mesa. Agora, se alguém chega perto da assadeira quando ele está almoçando, é presenteado com um croque relâmpago: a gente nem vê a pata laranja se mexendo, só a cabeça do coitado abaixando e levantando com o impacto.

6 comentários:

Anônimo disse...

Já respondeu a minha pergunta...
seria mesmo inacreditável se não houvesse pelo menos um mau-humorado reclamando da falta de privacidade!
Ele realmente tem ar de ares de excêntrico.
Denise

Gisele G. disse...

KKK!!! "Croque relâmpago" é simplesmente impagável!*rs.
Beatriz, descobri o link para seu blog através de um informativo regular que recebo da APASCS. E desde que li a primeira vez, me encantei e viciei! Não consigo entrar na net sem dar uma espiada aqui para ver se há posts novos. E toda vez choro de dar risada e encontro um paralelo com os meus - tenho 5 bigodes em casa, todos vira-latas legítimos retirados das ruas (além de 3 bigodes caninos), e sei bem o que vc passa em seu dia-a-dia...*rs.
Parabéns pela iniciativa de dar lar a estes peludos, pela criatividade, amor e sensibilidade ao entendê-los e retratá-los tão bem!

Vilson, Nino, Vi, Vil, Virso, Ambróóóóóózio, Bebê Bózio... Depende da ocasião... disse...

Bia!!!
Esta bandeja comunitária me parece mais o bandejão da ETE - acho que é da sua época...
Isso até justifica a revolta felina... CROQUE NELES!!!! E cuidado para não ser a próxima vítima - se bem que com "mamãe" ele não se atreveria, eu acho...
Beijão e parabéns sempre... está cada vez melhor!!!

Beatriz disse...

Achei que a sua pergunta valia um post, Denise. :)

Gisele, eu também recebo o boletim eletrônico da Apascs e fiquei super feliz quando a Márcia incluiu o blog. Bom encontrar gente que também prefere adotar bichinhos das ruas ao invés de incentivar o comércio da vida. Seja muito bem-vinda.

Toma vergonha na cara, Vilson! Eu nunca serviria aos meus gatos comida que anda sozinha!

Gisele disse...

Então, Beatriz, achei ótimo o meio de divulgação de seu blog! O público que recebe os boletins certamente se interessará, como foi o meu caso.
É, definitivamente, eu tb não incentivo o comércio de animais. Cada vez que penso em um animal sendo comprado, me vêm à cabeça aqueles tantos nas ruas, sem esperanças... Por isso, aqui em casa só ex-moradores de rua, vira-latas legítimos!*rs.
Muito obrigado! Tenha a certeza de uma leitora assídua!

=VIRSO= disse...

Comida que anda sozinha... disse tudo!!!!
Sei que você não faria uma coisa dessas com as bolotinhas de pêlo... amor de mãe é amor de mãe... rsrsrsrs... mas que é bom lembrar de uma época que não volta mais é...
Beijos...
Virso - saudosista... :)